Textos, Imagens, Humor, Críticas, Literatura, Música, Filmes, Séries, Desenhos, Quadrinhos, Internet, Notícias e alguma sacanagem sadia...

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

BadernaCast #12 - Destrinchamos o filme "Um Dia de Fúria"!


JustificarO BadernaCast é o podcast coletivo no qual participo, e foi criado para o Blog OUltrabadernista de Alexandre Lessa (o Pimp Mal) e integrado por mim e pelo amigo Rafael Frassetto.

Nesta nova edição, estreamos uma série dentro do Badernacast entitulada "Os Filmes de Nossas Vidas", que constará na escolha dos melhores filmes que marcaram, de forma pessoal, os integrantes do Baderna; para que este seja comentado, falado, discutido e debatido de todas as formas... ou seja, destrincharemos os tais filmes de nossas vidas. Com isso, não significa que o filme que escolhemos seja um sucesso de público, de crítica ou que tenha sido premiado, reverenciado ou oscarizado. Nada disso! Como dito, é particularmente, uma seleção dos filmes que marcaram cada um dos integrantes de maneira pessoal e que, por isso, foram escolhidos para virar o tema de um podcast inteiro. E o selecionado para a estréia, é Um dia de Fúria, um dos filmes da vida de Alexandre Lessa, o "Pimp Mal", o criador do Baderna e quem edita todas as nossas gravações! E confesso que é um dos meus filmes preferidos também. Fomos à fundo nesta obra cinematográfica de Joel Schumacher, esmiuçamos cada cena, do início ao fim, falamos do roteiro, dos diálogos, da direção, das melhores sequências, o que elas representam e claro, da interpretação extraordinária de Michael Douglas, num de seus melhores personagens.

Embarque com a gente nesta destrinchada completa de um filme que transborda crítica, humor negro, amargura e uma realidade triste onde as mazelas da sociedade podem danificar de alguma forma o comportamento de um homem já no limite de sua tolerância.

Um Dia de Fúria é um FILMAÇO que merece ser visto e, agora, ouvido:



Para quem não conseguir ouvir por aqui, cliquem nesse link direto: http://www.4shared.com/audio/ssF8mnTl/Baderna_12_-_UM_DIA_DE_FURIA.html

* "Os Filmes de Nossas Vidas", antes de mais nada, são obras fílmicas que temos um grande carinho e apreço, não nos importando se é uma obra-prima do Cinema ou uma Sessão da Tarde esquecida. Deixe seus comentários para serem lidos na nossa próxima edição!

15 comentários:

  1. Oi, tudo bem? (:
    tem um selo te homenageando lá no meu blog, da uma olhada e vê se te interessa *:

    http://sweetboldness.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Bunitinho,

    Hj nao vou comentar o post.
    To sem computador, entao só no rapidex. Passei pra te deixar um oi: OI.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Ah, esse filme é só meio bom, mas não é mto bom. Os aventureiros do bairro proibido é bem melhor!

    ResponderExcluir
  4. Meu dia de fúria foi segunda-feira de manhã...

    Quebrei o pau lá no serviço...

    ResponderExcluir
  5. Valeu pelo selo, Sweet.

    Dri: OI! =P

    Seuvicio, prefiro os filmes do Buttman.

    Bia Santos, e sobre o filme? Nada a comentar?

    ResponderExcluir
  6. mto bom, gostei mto
    seu blog tmbm é bem interessante
    prometo voltar mais vezes :)
    <>
    visite-nos e comente tmbm
    gostando siga e avise que retribuiremos
    se seguir deixe o aviso no comentário
    deixando o seu link para retribuirmos
    <>
    grato
    <>
    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Incrível... esse é o quinto comentário que NADA TEM HAVER com o filme!!!

    Foda!

    ResponderExcluir
  8. eu ja assisti esse filme...chega um tempo que a paciência acaba...ai...sai da frente rsrsr

    ResponderExcluir
  9. Rogério, a sua paciência ou do protagonista??? =P

    Do protagonista, nós já sabemos.

    ResponderExcluir
  10. É, meu querido, pelo visto a TUA paciência já se esgotou...

    Não há como ouvir o áudio (no local do post onde deveria estar o player, surge somente a mensagem "this webpage is not available" e pelo link direto também não carrega, tamanha lentidão da internet); mas não havia como deixar passar em branco mesmo correndo o risco de comentar algo idiota (pouco provável que eu supere os demais).

    "Um Dia De Fúria" não vem a ser um dos meus favoritos, mas é um excelente filme no meu ponto de vista. A forma como expõe a sociedade é clara, assim como os resultados que a influência exercida por essa sociedade deixa no homem de um modo geral.

    O personagem de Michael Douglas, arrisco dizer um dos melhores em sua carreira, é um retrato cru da vontade de muitos. A conotação psicológica que ele conseguiu dar é absurda, somada a excessiva carga dramática exigida pelo filme; nos brindando com aquela performance magnífica! As reações apresentadas ao longo do filme, misto de todo tipo de pressão exercida no cotidiano do personagem (seja situação de trabalho, familiar ou pessoal, que o mesmo atravessa) são típicas mesmo de quem atingiu um nível altíssimo de estresse e precisa, de alguma forma, colocar isso pra fora. Ele soube mostrar como ninguém (talvez Jack Nickolson também ficasse bem no papel...).

    A questão aceitação/reação é mostrada claramente, levantando o questionamento: até onde se aguenta? É como se a capacidade humana estivesse não somente em voga, mas em teste ali; e digo humana em se tratando das pessoas que assistiam o filme que, inevitavelmente, se identificaram com algo. É como se durante toda a fita, a partir de cada cena, suscitasse a reflexão: 'teria feito isso', 'não teria feito', 'faria diferente, mas faria'; e por aí vai.

    Tomando a época do lançamento do filme, quando algumas críticas o censuraram por receio de que viesse a despertar a tal fúria no público, me questiono o que diriam agora?

    Mas é um excelente filme que esse povo aqui de cima deveria assistir pelo menos... Beijo!!!

    ResponderExcluir
  11. Marcel, Esse filme extrapola a violência gratuita, ele faz uma crítica a essa perseguição pelo "sonho americano" que não aceita perdedores.

    Uma das melhores cenas, para mim, é durante o espancamento de um coreano em que Michael Douglas - realmente parecendo enlouquecido - diz para o rapaz "Você vem para o meu país, pega o meu dinheiro e nem para aprender a minha língua!"; é aí que mostra-se bem a falsa boa convivência dos grupos étnicos dentro de uma população muito defensora de suas raízes.

    Pode parecer meio insano da minha parte, mas esse filme pode tirar boas risadas do espectador também; se a pessoa tiver um humor um tanto quanto ácido como o meu.

    Abraços meu querido e um Ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  12. Caramba, me senti um verdadeiro lixo por nunca ter visto esse filme. Poderia destrinchar tantos filmes e obras que conheço como vocês destrincharam essa, e fiquei tão curioso com a empolgação do podcast que já anotei o filme para alugar - pois é, eu tenho uma lista de filmes pra alugar XD

    Abração! ;)

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Um dia de furia, mostra um cara que em uma vida rotineira se descontrola e toca o foda-se por ai, bem a realidade brasileira,onde alguns pais de familia, vivem por um fio sobre as pressoes do nosso cotidiano atual,assisti a nuito tempo atras e se fosse indicar um filme da minha vida, indicaria o ultimo americano virgem, que marcou demais minha adolescencia.

    abraço

    http;//universovonserran.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Hahahahahahaha o filme é bom sim Marcel, eu gostei muito dele quando ví, hahahahahaha, mas eu estou rindo é de vc bravo com os comentários aqui no blog, hahahahahahaha é amigo, tem gente quem nem lê o que a gente escreve e comenta merda mesmo, hahahahahahahaha.

    Um abração!!!

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente, não estou conseguindo ouvir =/
    Mas eu li tudinho viu xD
    E pelo que li dos comentários, é um filme meio dramático, mas que pode render risadas a quem tiver um certo humor ácido...

    Beijo ;*

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...